domingo, 5 de fevereiro de 2012

Chapter Twenty Four

Os poucos minutos que Demetria demorou pra chegar onde queria, lhe pareceram uma verdadeira eternidade. Desceu do cavalo as pressas, sem se dar ao trabalho de amarrá-lo e correu pra dentro da pequena cabana, estava tudo escuro lá dentro, mais Demetria o viu mesmo assim, caido no chão aos pés da cama. 
Ela abriu uma das janelas, deixando que um pouco de luz entrasse e iluminasse o cômodo... Lágrimas escaparam de seus olhos ao ver seu estado, foi como aquela noite na casa dele, quando descobriu seu segredo... Parecia que estava morto. Ela correu até ele e se abaixou ao seu lado.
 

_Joseph_ ela chamou baixinho, sentando-se no chão e o puxando pra seu colo_ Joseph fala comigo.
 

Ele não respondeu, mesmo depois de várias tentativas... Demetria sabia que não conseguiria acordá-lo, então apenas o abraçou e ficou ali chorando, sem saber o que fazer... Sentia-se perdida, presa em um tipo de pesadelo.
 

_Sinto muito_ ela sussurrou em meio as lágrimas_ é tudo minha culpa, eu estraguei tudo... Fiz tudo errado. Me perdoa Joseph, desculpe por não ter impedido isso, eu sinto muito.
 

_Não é sua culpa_ ele sussurrou com a voz fraca.

Demetria suspirou um pouco mais aliviada quando viu ele abrir os olhos lentamente.
 

_Eles descobriram tudo Joseph, Nicholas contou pra todos, eu não consegui impedir_ ela disse soluçando_ me desculpa.
 

_Shh, ta tudo bem... Não foi culpa sua Demi, uma hora ia acontecer.
 

_Mais se eu tivesse dito a verdade antes...
 

_Não por favor_ ele pediu_ não.
 

Joseph não culpava Demetria por sua ruina, ele sabia que aquele segredo não duraria pra sempre e no fundo, apesar das complicações estava feliz por todos saberem, ele não precisava mais mentir pra ninguém. O unico problema era que agora ou ele fugia ou morria.

_Precisa levantar_ Demetria disse apressada_ eles vão chegar logo aqui, temos que te esconder.

_Não_ ele segurou o braço dela com força a parando_ não vou conseguir ir a lugar algum... Vai demorar pelo menos um dia pra me recuperar dos efeitos da transformação, não posso fugir.
 

_Mais não pode ficar aqui, Nicholas vai te encontrar... Já vasculharam mais da metade da cidade_ ela informou.
 

_Demi_ ele ergueu a mão pra tocar o rosto dela_ não posso sair daqui... Você tem que ir e me deixar aqui.

_Não vou te abandonar, isso esta fora de cogitação_ ela garantiu tentando fazê-lo levantar_ eu vou te ajudar.

_Demi me escuta_ ele implorou_ se ficar aqui comigo vão te machucar também... Por favor... Vá embora, eu já estou acabado.
 

_Não_ ela discordou_ eu sei o que fazer... Seu pai pode ajudar, isso... Ele vai ajudar.
 

Paul... Tinha uma coisa que Joseph queria dizer a ele antes de morrer... Pois era isso que ele sabia que ia acontecer, ele ia morrer. Tinha demorado tempo demais pra acontecer... Ele já tirara tantas vidas graças aquele monstro, agora era sua vez.
 

_Meu pai não pode fazer nada por mim... Ee já se sacrificou demais pra me manter seguro_ murmurou fazendo careta, seu corpo todo doia naquele momento, ainda podia sentir alguns de seus ossos fora do lugar.
 

_Não pode desistir Joseph, você não pode nos abandonar_ ela quase gritou.

_Você vai ficar bem_ ele garantiu com um meio sorriso, segurando a mão dela_ meu pai também... Vai ficar melhor sem mim.

_Não_ ela balançou a cabeça e segurou a mão dela, a guiando até sua barriga_ você não pode nos deixar__ repetiu em um sussurro.
 

Os dois olharam um nos olhos do outro em silencio, Joseph abriu um sorriso cansado pra Demetria, porém ainda sim sincero, e nesse momento uma lágrima escapou de seus olhos, mais não era de tristeza... Ele não se importava com o que lhe aconteceria, só o que importava era ela. Os dois então ouviram vozes do lado de fora da cabana, e Demetria entrou em desespero.

_Temos que sair daqui_ ela disse_ anda Joseph, você precisa levantar.

_Não Demi, vai embora_ ele ordenou.
 

Porém não havia mais tempo pra fugir... Nicholas entrou na cabana com mais um quatro homens, o ódio faiscando em seus olhos, ainda maior quando viu Demeria abraçada a Joseph. Ele o faria pagar por ter roubado a coisa mais importante que tinha na vida.
 

_Fique longe dele_ Demetria ordenou.
 

Nicholas não disse nada, nem se deu ao trabalho... Apenas segurou Demetria com força, a levantando do chão e a empurrando pra longe. Ela tentou se defender, mais outro rapaz a segurou, a mantendo longe... Nicholas segurou Joseph, tentando levantá-lo, mais o mesmo não tinha forças pra permanecer de pé.

_Você vai me pagar idiota_ ele sussurrou_ ande levante.

_Porque esta tão zangado Nicholas?_ Joseph provocou com o restante de forças que ainda lhe restavam_ você ficou com tudo que era pra ser meu... Eu só peguei uma das coisas que já me pertenciam.

_Você não sabe o que fala... É um louco... E vai morrer ainda hoje_ cuspiu na cara dele_ vocês me ajudem aqui.

_NÃO... LARGUE ELE_ Demetria gritou se debatendo contra o homem, tentando soltra-se.

Os outros homens que vieram com Nicholas, o ajudaram a tirar Joseph do chão e o carregar pra fora da cabana... Pouco tempo depois o rapaz que segurava Demetria a largou no chão chorando e os acompanhou.

_Joseph_ ela sussurrou desesperada.

O tempo estava acabando, e ela não fazia ideia do que fazer pra salvá-lo... Era mesmo o fim.

Demetria teve medo que fosse tarde demais pra impedir Nicholas de fazer uma grande besteira, mais quando voltou a cidade viu que nem tudo estava perdido. Joseph ainda estava vivo, mais não por muito tempo. 
Ele estava ajoelhado o chão, no meio da rua, mal conseguindo ficar de olhos abertos, o que o mantinha em pé era Nicholas, que estava parado bem atrás dele, o segurando pelos cabelos, apontando a faca em seu pescoço... Ele ia fazer... Ia matá-lo.
 

_PARE_ Demetria gritou desesperada, sem folego, correndo na direção deles, empurrando a multidão que se juntara pra assistir o pequeno acontecimento_ PARE, VOCÊ NÃO PODE MATÁ-LO.
 

_Não posso?_ Nicholas riu_ me dê um motivo para não fazê-lo.
 

Ela não soube o que responder... Olhou pra Joseph, ele lutava pra manter os olhos abertos e encará-la, tinha lágrimas nos olhos, mais não parecia com medo. Demetria olhou em volta, pra todos os rostos que esperavam ansioso que ela dissesse alguma coisa.
 

_Você não tem um bom motivo não é mesmo?_ Nicholas provocou.

_Não, mais eu tenho_ Demetria e todos se surpreenderam quando Selena se manifestou.

_E que motivo seria esse?_ Nicholas perguntou.
 

_Você não esta pensando com coerência, esta tentando matar um inocente só por vingança, porque esta com raiva_ ela disse.

_Ele não é um inocente senhorita, é um monstro.

_Não, ele é só o homem que dormiu com sua noiva_ rebateu surpreendendo a todos_ só quer matá-lo pois sua noiva o traiu com ele, isto é errado.
 

Nicholas cerrou os dentes bufando de raiva, não estava esperando por aquilo, sua vontade de cortar a garganta de Joseph só aumentou. Demetria porém sorriu esperançosa... Talvez ainda houvesse uma salvação.

_É verdade_ Nicholas confessou engolindo seu orgulho_ eles me trairam, mais uma coisa não tem nada haver com a outra. Ele se transformou bem diante de meus olhos e matou várias pessoas, ele merece morrer... Antes que machque mais alguém. 

_Você pode provar?_ Selena insistiu_ pode provar que ele é mesmo a fera? Que é o lobisomem.
 

_Isso_ Demetria concordou sorrindo_ não pode matá-lo sem provas.
 

_Provas?_ Nicholas resmungou irritado_ vocês querem provas? Então eu vou dar provas a vocês.
 

Ainda segurando Joseph pelos cabelos, Nicholas começou a arrastá-lo pro outro lado da rua, onde havia uma espécie de jaula, era usada pra prender alguns dos animais do circo que passava pela cidade. Nicholas jogou Joseph lá dentro e trancou a porta em seguida, se virando pra encarar a multidão.
 

_Dentro de dois dias teremos outra lua cheia_ Nicholas informou_ ele vai se transformar de novo e todos na cidade estarão de testemunha... Então quando tiverem conseguido sua prova... Ai eu vou matá-lo.
 

Dizendo isso Nicholas foi embora e a multidão começou a se afastar. Demetria atravessou a rua correndo e foi até Joseph... Ela chamou seu nome mais ele não respondeu, estava desacordado, fraco demais.
 

_Eu vou te salvar Joseph, eu prometo_ ela sussurrou_ não importa o que eu tenha que fazer.
 
Ela suspirou, deixando uma lágrimas cair e sentiu uma mão pousar em seu ombro.

_Você esta bem?_ Selena perguntou.

_Estou sim_ concordou_ obrigada pelo que fez, salvou a vida dele.
 

_Era importante pra você_ deu de ombros_ mais sabe que ainda não acabou.

_Não, mais eu ganhei tempo... Tenho dois dias pra descobrir como tirá-lo dessa.
 

Dois dias... Era o tempo que Demetria tinha para descobrir como salvar Joseph, como mudar toda aquela confusão... Não seria facil, mais ela faria o que fosse preciso... Qualquer coisa.


5 Comentarios pro Próximo :)

Gente o que vocês acham de eu fazer uma Maratona ? tem que ter pelo menos 5 comentários dizendo SIM. Se tiver eu começo hoje ok ?!

12 comentários:

  1. SIM!!!!! Sua história é d+

    ResponderExcluir
  2. SIIIIIMMMM!!!!!!!!
    MARATONA! MARATONA!
    \o/

    ResponderExcluir
  3. SIM SIM SIM SIM SIM SIM
    E FAZ A MARATONA MAIOR QUE JÁ EXISTIU NO BLOG... POR FAVOR...
    EU AMO A SUA HISTORIA
    POSTA LOGO
    POR FOVOR...

    ResponderExcluir
  4. AHHH CLARO QUE SIM VC VAI ACABAR HJ ? AHHHHHHH MAIS POSTA LOGOOO

    ResponderExcluir
  5. postaaaa SIM posta claro que sim

    ResponderExcluir