terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Chapter Thirteen [Fim da Maratona]


Demetria estava sentada em sua cama encarando a escuridão... Ao seu lado Nicholas dormia feito um bebê, casado e com um sorriso no rosto ele parecia despreocupado... Feliz. Mais Demi não conseguia fechar os olhos, estava sentindo mal pelo que vinha fazendo, dormindo com o noivo só pra esquecer suas frustrações, porque ela não sentia desejo... Era tudo uma grande mentira... Graças a ele. Ela se levantou tentando não fazer barulho, vestiu o hobbie por cima da camisola e saiu do quarto de fininho.
 
Do jeito que estava ela saiu de dentro de casa_ descalça, o cabelo um tanto bagunçado_ e foi caminhando até o estábulo... Precisava tomar um ar fresco e gostava de ficar perto dos cavalos. Primeiro ela viu Spirit... Fazia um bom tempo que não cavalgava com ele, daria umas voltas pela mansão com ele quando amanhecesse. Depois ela viu Trovão... Ele estava inquieto.

_Oi amigo_ ela sorriu parando em frente ao portão_ sabe que não falei sério aquele dia né? Que ia mandar te matar. Só estava com raiva_ ela suspirou e revirou os olhos_ e também estou louca, pois estou conversando com um cavalo.
 

Ela nunca teria coragem de machucar um animal, nem mesmo pra se vingar de Joseph... O cavalo não tinha culpa das besteiras que o idiota de seu dono fazia. Ela ergueu a mão pra acariciar o rosto do animal.

_Eu sou uma estúpida Trovão_ ela sussurrou bem baixinho, o rosto próximo do dele_ achei que seu dono fosse diferente, mais eu estava enganada... Ele enganou a todos nós. Fico irada só de pensar que confiei meus sentimentos e problemas a ele... Ele é só mais um idiota.

_Esta enganada_ Demetria se sobressaltou ao ouvir aquela voz, seu coração disparou com o susto, ela pensara estar sozinha.

Seus olhos castanhos se arregalaram de susto quando viu Joseph... Ele estava escondido atrás de Trovão. Tinha isso visitar o amigo, querendo conversar, desabafar... Quando ouvira passos se aproximando ele se escondera, e não esperava que fosse Demetria.
Ela observou quieta ele abrir o portão e sair, o fechando novamente logo em seguida... Ela deu uns passos pra trás pra ficar o mais longe possível dele.
 

_O que esta fazendo aqui Jonas?_ ela perguntou zangada_ isso é invasão de propriedade, eu podia chamar a policia.

_Só queria ver Trovão_ ele respondeu.

_Não podia fazer isso durante o dia?_ ela questionou cruzando os braços.

_Achei que se viesse durante a noite não corria o risco de encontrar você... Acho que me enganei_ ele tentou dar um sorriso, mais pareceu mais uma careta_ e você... O que faz acordada há essa hora?

_Isso não é da sua conta_ ela respondeu grosseiramente_ agora vá embora antes que eu grite.

 
Joseph não sabia dizer o que era pior, mais difícil... Se transformar em um monstro nas noites de lua cheia ou ver o desprezo no olhar de Demetria. A transformação lhe causava uma dor física inimaginável, mais o desprezo dela era enlouquecedor, fazia seu coração se desfazer em mil pedacinhos... Pedacinhos que ele não tinha como juntar mais. 

_Desculpe_ ele sussurrou cabisbaixo, as desculpas eram por muito mais além de ter a ofendido... Ele se desculpava por ter nascido.
 

_Eu disse pra ir embora Jonas, agora além de idiota e arrogante é surdo também?_ ela provocou.

_Não sou a pessoa que você pensa_ ele murmurou baixinho_ sei que não faz diferença mais... Sinto muito ter ofendido você.
 

_É não faz diferença_ ela rebateu.

Por um instante Demetria pode ver nos olhos dele aquele Joseph que conhecera na floresta... O Joseph educado, brincalhão e tristonho. Principalmente tristonho... Ela não conseguia entendê-lo... Num minuto ele era idiota e estúpido, no segundo seguinte era doce e vulnerável. E o pior de tudo é que as desculpas pareciam ser sinceras... Ela podia ver nos olhos dele.

_Sabe de uma coisa?_ ela murmurou frustrada quando ele lhe deu as costas_ eu não conseguido entender você... Primeiro você me trata bem, finge ser meu amigo e me entender... Ai depois age feito um idiota, me ofende... E logo em seguida vem me pedir desculpas e espera que eu aceite? O que você quer afinal? Quem diabos é você afinal? 

_Você não entende_ ele suspirou_ eu gostaria muito de te dizer quem sou, mais não posso... Às vezes nem eu mesmo sei. Mais eu não sou o idiota que você pensa agora... Eu não sou desse jeito.

_Então porque fez aquilo? Porque me tratou daquele jeito se você não é assim? O que esperava conseguir com isso?_ ela questionou ainda frustrada.

_Fiz pra que você me odiasse... Pra que ficasse bem longe de mim_ ele respondeu.

Ele pode ver nos olhos dela como ficara triste com aquela informação... Ela entendera o motivo errado.
 

_Não fiz isso porque não gosto de você... Muito pelo contrário_ ele se apressou em dizer_ fiz porque me importo.

_Eu não entendo... Se gosta de mim então porque me manter longe?

_Eu poderia fazer uma lista_ ele disse cinicamente.

_Eu só preciso de um motivo_ ela rebateu.
 

Ela incrível como ela conseguia ficar ainda mais bonita quando estava zangada... Quando estava decidida. Aquilo não ajudava, ele fizera todo aquele teatro pra ficar longe dela, mais ali estava ele... Parado na frente dela pedindo desculpas mesmo sabendo que estava errado, que devia ir embora... Simplesmente não podia viver sabendo que ela o odiava. Havia um outro motivo que a impedia de ser dele.

_Você esta noiva_ ele sussurrou_ vai se casar com Nicholas... Foi pra isso que veio aqui caso já tenha se esquecido.

_Não foi por isso que você fez aquilo_ ela discordou o fitando profundamente_ bastava apenas ter se afastado... Porque me dizer aquelas coisas? Porque fica mentindo pra mim? Diga o que realmente pensa... Se aproximou de mim pra irritar Nicholas? Só estava a fim de transar com alguém? Tem que ter uma razão_ ela insistiu.
 

_Me aproximei de você porque você faz eu me sentir normal_ ele disse.
 

_Normal?_ Demetria estava confusa.

_Eu não sou como as outras pessoas Demetria.

_Então me diga quem você é_ ela pediu.

_Não posso_ ele resmungou frustrado, dando-lhe as costas novamente, escorando as duas mãos no portão e abaixando a cabeça_ pare de me fazer perguntas que não posso responder... Eu não posso.
 

Demetria não sabia o que fazer... Estava dividida entre a vontade de gritar com ele e xingá-lo e a vontade de consolá-lo, de ajudá-lo. Ele parecia tão triste e pedido... Mais enquanto não se explicasse ainda seria um idiota. Em qual das duas versões ela deveria acreditar?

_Só... Só me diga por que precisa ficar longe de mim_ ela pediu_ só isso. 

_Porque não quero te machucar_ ele respondeu ainda sem olhar pra ela.

_Já machucou_ ela informou respirando fundo.

_Não estou falando desse tipo de machucado Demetria... Estou falando machucar de verdade_ ele explicou.

_Porque você me machucaria?_ ela perguntou sem entender.
 

_Porque é isso que eu faço... Eu machuco e destruo a vida das pessoas que chegam perto demais_ ele fechou os olhos com força_ eu gosto de você... Mais do que deveria, então precisa ficar longe de mim antes que eu faça alguma coisa da qual me arrependa.
 

_Do que você tem medo?_ ela questionou chegando mais perto.
 

_Medo de me envolver e depois... Perder_ ele sussurrou se virando novamente pra fitá-la.

Ele já perdera tanta coisa, não podia perdê-la também... Mais era tarde demais, ela já estava envolvido... Já estava completamente apaixonado pela beleza e doçura dela.
 

_Eu sinto muito_ ele disse agoniado_ eu só... Não posso te explicar o quanto eu sinto.

Os olhos dos dois se encontraram e Demetria podia ver que ele estava sendo sincero... Ela não conseguia entender os motivos dele, mais ainda assim sabia que ele estava sendo sincero em tudo o que dizia. E agora que a raiva havia se amenizado ela sentira seu coração disparar no peito, percebendo a confissão que ele acabara de fazer... Que gostava dela. 
Joseph fechou os olhos... Sem conseguir encará-la... Ela podia entender e perdoá-lo, mais ainda era noiva de Nicholas, ainda se casaria com ele e ele seria pra sempre aquele maldito monstro.
 

_Eu sei que não deveria_ Joseph sentiu todos os pelos de seu corpo de eriçarem ao ouvir a voz dela tão perto_ mais também gosto de você... Eu deveria odiá-lo, ou simplesmente não me importar mais não consigo... Tem algo em você... Que me tira do sério.
 

Ele abriu os olhos de novo... Ela estava perto demais, e estava dizendo as palavras erradas.
 
Vendo-a assim tão perto Joseph não pode evitar percorrer os olhos por seu corpo... Ela estava descalça, o corpo perfeito desprotegido pela camisola fina... Era preta, transparente, revelando mais do que deveria, o hobbie que ela usava por cima também não escondia nada. Ele engoliu em seco... Como podiam esperar que ele se controlasse daquela forma?

_Eu só... Não consigo parar de pensar em você_ ela sussurrou.

_Por favor para com isso_ ele pediu agoniado.

_Sei que é errado e me sinto realmente péssima por isso... Mais eu só não posso evitar, eu não consigo_ ela continuou se aproximando, mesmo com o protesto dele_ nunca quis tanto uma coisa... Você estava certo.

Joseph ainda tentara fazer o que era certo e ficar longe, mais ao dar um passo pra trás ele esbarrou na parede e percebeu que não tinha pra onde correr e ele nem queria. Demetria chegou ainda mais perto, tomada por um sentimento que não podia explicar, ninguém nunca despertara algo assim nela, nem mesmo seu noivo... O que ela sentia por Nicholas não chegava nem perto do que sentia só de olhar pra Joseph. 
Joseph suspirou ao sentir o corpo delicado de Demetria se encostar ao seu, foi como se algum tipo de eletricidade percorresse seu corpo partindo de algum lugar dela. Ele manteve suas mãos cuidadosamente apoiadas no portão atrás de si e fechou os olhos ao sentir os lábios dela pressionarem os seus. Ele tivera o desejo de beijá-la desde que avirá aquele dia na floresta, mais agora que ela estava realmente ali não sabia o que fazer... Tinha medo de se arrepender depois. E se seu pai estivesse certo? Se ele a machucasse mesmo que sem querer? E mesmo odiando profundamente Nicholas aquilo não era certo.

Demetria moveu os lábios dele contra os seus, querendo saciar aquela estranha vontade, mais ele continuou imóvel, perdido em suas duvidas. Mais não durou muito, quando ela se apertou um pouco mais contra ele todos os vestígios de sanidade desapareceram, sua mente se apagou por completo e ele se deixou levar. Num movimento rápido Joseph agarrara Demetria pela cintura e a girara, mudando de posição e a imprensando contra a parede do estábulo tão rápido que ela perdera completamente o fôlego. Não tivera tempo de se recuperar do susto, os lábios dele já estavam novamente nos seus, iniciando um beijo um intenso e tão apaixonado que fez seu coração doer, como se não fosse aguentar tanto desejo. A língua dele invadira sua boca, massageando a sua em uma dança lenta e sensual enquanto o corpo quente dele pressionava o seu... Sim, quente... Ele era extremamente quente, como fogo, parecia estar em chamas. Demetria sentiu todo seu corpo arder, uma das mãos dele segurava sua cintura com força enquanto a outra apertava sua coxa, alisando sua perna descoberta, as mãos dela se perderam no cabelo dele, o puxando pra mais perto, querendo mais e mais daquilo. 

_Demetria_ ela não ouvira seu nome sendo chamado, estava entorpecida demais nas sensações que Joseph lhe causava, mais ele ouvira e partira o beijo rapidamente se afastando dela.

_O que aconteceu?_ ela perguntou confusa, tonta.
 

_Nicholas_ ele sussurrou respirando com dificuldade.
 

Demetria não tivera tempo de perguntar o que ele quisera dizer com aquilo... Ouviu passos se aproximando e se virou imediatamente pra entrada do estábulo. Seu coração parou de bater e seus olhos se esbugalharam de susto ao ver Nicholas entrar. Ele estava sem camisa, descabelado e com cara de sono... Devia ter acabado de acordar.

_O que faz aqui Demi?_ ele perguntou se aproximando_ já viu que horas são? 
Demetria se virou assustada, o desespero fora tanto que ela nem percebera Joseph sumir bem a tempo.
 

_Demi ta tudo bem?_ Nicholas perguntou preocupado.

_Eu... Eu to bem_ ela respondeu nervosa.

_O que faz aqui fora há essa hora? Já passa da meia noite_ ele avisou_ tutto bene?
 

_Ta, eu... Só estava sem sono e quis pegar um ar_ ela gaguejou, estava difícil parecer natural.
 
_Sem sono?_ ele riu_ depois da noite que tivemos? Você é mesmo cheia de energia.

_Pois é essa sou eu_ ela forçou um sorriso, batendo o pé no chão nervosamente.
 

_Vem cá, deve estar com frio_ ele estendeu a mão pra ela que a segurou.

Nicholas a puxou mais pra perto e a beijou antes que ela tivesse tempo de protestar. Demetria não soube o que fazer... Depois de beijar Joseph aquilo parecia... Nojento. Ela só ficou imóvel nos braços dele, completamente chocada.

_Você tem certeza que ta bem?_ Nicholas perguntou a olhando desconfiado.

_Tenho, eu to bem sim amor_ ela sorriu de lado.

_Ta bem, então vamos voltar pra cama_ ele disse segurando a mão dela.
 

_Espera_ ela puxou a mão da dele_ porque não vai na frente? Eu... Quero ficar aqui mais um pouco... Conversar com os cavalos.
 

_Você fala com cavalos agora?_ ele disse rindo.
 

_Pois é_ ela concordou impaciente, querendo que ele fosse logo embora.
 

_Como quiser então, mais não demore... Ta frio aqui fora.
 

_Não vou demorar_ ela prometeu.

Ele se inclinou novamente pra ela e lhe roubou um selinho demorado, depois lhe lançou um sorriso caloroso e lhe deu as costas, saindo do estábulo e indo de volta mansão. Demetria ainda esperou um minuto pra ter certeza de que ele se fora realmente antes de se virar novamente. Seus olhos percorreram todo o estábulo a procura dele.

_Joseph?_ ela chamou baixinho, sentindo seu coração palpitar.
 

Não houve resposta, mais Demetria viu Spirit se remexer inquieto... Ela caminhou até lá e encontrou Joseph sentado no chão, ao lado do cavalo, estava quieto, de cabeça baixa.
 

_Ele já foi embora_ Demetria avisou.
 

_Porque não foi com ele?_ ele perguntou, não parecia muito contente_ parece que estavam se divertindo muito essa noite.
 

Demetria sentiu toda aquela sua euforia se desfazer instantaneamente_ foi antes de você aparecer_ ela murmurou_ eu estava com raiva pelas coisas que você disse e...

_Tudo bem_ ele sorriu amargamente_ você não tem que me explicar... Não me deve nada.
 

Ele se levantou do chão e caminhou na direção dela, ia abrir a porta pra sair mais Demi a segurou, impedindo sua passagem.
 

_Esta com raiva de mim?_ ela perguntou.

_Não... Só tenho raiva de mim mesmo por gostar tanto de você_ ele sussurrou.

Ela não conseguiu conter o sorriso... Era incrível como lhe deixava feliz saber que ele gostava dela. Ela se inclinou na direção dele, querendo lhe dar um beijo, querendo sentir todas aquelas sensações de novo... Mais ele recuou.
 

_Desculpe, não posso_ ele murmurou.


_Porque não?_ ela perguntou confusa, se sentindo frustrada.


_Esta com o gosto dele impregnado em você_ ele disse_ e não posso beijá-la sabendo que assim que eu for embora vai voltar pros braços dele... Sinto muito.
 

Ele empurrou o portão devagar pra não machucá-la e começou a se afastar, mais ela segurou seu braço, impedindo que ele fosse.
 

_Vamos nos ver amanhã?_ ela perguntou esperançosa_ no lago?
 

_Eu não deveria e sei que vou me arrepender muito por isso mais... Vejo você lá Demetria.

Sim, ele sabia que se arrependeria profundamente por levar isso adiante... Mais não conseguia evitar, por mais que fosse errado ele queria vê-la de novo, queria beijá-la novamente e senti-la ali em seus braços completamente entregue. Que se danassem os segredos, o que era certo e errado e principalmente... Que se danasse Nicholas Hawkins. Ele não lhe roubaria mais nada.
 

_Até amanhã_ ele sussurrou antes de lhe dar as costas e sumir na escuridão.
 

_Até amanhã_ ela respondeu fechando os olhos e respirando fundo algumas vezes antes de criar coragem pra entrar novamente em casa e encarar o noivo... Isso era muito, muito errado... Mais por algum motivo ela não conseguiu se importar
 .


Continua...


10 Comentários pro Próximo


Bom Meninas é isso espero que tenham gostado da Maratona :)
Se der eu posto a noite ok ?! Bjinhoooos.

15 comentários:

  1. Uhuuuuuuuuul primeira a comentar

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH QUE LINDO, OMG EU QUASE INFARTEI, MUITO PERFEITO, EU AMEI MUITO, e OMG OQ FOI ESSE BEIJO? QUANTO FOGO HEIN KKKKKKKKK. TA MUITO LINDO E EU TO USANDO O CAPS POR QUE ESTOU MUITO EUFÓRICA... POR FAVOR POSTA SUPER LOGO
    BEEEEEEEEEEEEEEEIJOS

    ResponderExcluir
  3. INCRÍVEL!!!!POSTA LOGOOOOOOOOOOOOOOOOO!

    ResponderExcluir
  4. Ta lindo, é a melhor historia que ja li.. ta muito bom mesmo, de verdade

    ResponderExcluir
  5. PERFEITOOOO, pelo amor de deus, nao consigo ficar sem ler sua historia, Posta Logo !

    ResponderExcluir
  6. Vc é uma ótima escritora, serinhoo, isso me hipnotiza completamente, posta logo
    beijemi

    ResponderExcluir
  7. Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Posta hoje ! Ta linda a historia

    ResponderExcluir
  8. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH, se vc n postar hj eu morro, preciso ler a continuação, por favor, posta logoooooooooo
    beijonas

    ResponderExcluir
  9. OMG OMG OMG, que perfeito.. posta logo por favor
    posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo posta logo

    ResponderExcluir
  10. Posta logo! 1º beijo de jemi, tão perfeito!

    ResponderExcluir
  11. POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO,POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  12. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHH Primeiro beijo Jemi lindooo,e quenteeeeee MEU DEUS Day TO SUPER CURIOSA POR FAVOR POOOOOSSSSSTAAAAAAAA LLLLLLLLOGGGGGGOOOOOOOOOOOOOO Amei a Maratonaa

    ResponderExcluir